sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Óleo de Coco - suas propriedades!




Hoje o óleo de coco esta em alta, mas na índia o seu uso é milenar. Os indianos fazem seu uso desde preparos de pratos, massagem, nutrição do cabelo e muito mais.

No Ayurveda, seu uso é constante, mas lembrando que ele é um óleo indicado de acordo com o biótipo da pessoa (dosha) ou da desarmonia em que se encontra. Ele não é recomendado para todos os tipos de tratamento. Uma das recomendações é para os dias quentes e para pessoas de constituição Pitta ou que esta em desarmonia em Pitta e precisando de nutrição em alguns casos de Vata.

Óleo de coco pelo Ayurveda

Óleo de Coco: O óleo de coco é doce, refrescante e tem reação doce. Ele é relativamente leve, viscoso, aumenta kapha, alivia vata quando aquecido (neste caso o terapeuta terá que ter muito discernimento na hora de utilizá-lo) ou seja lubrifica a secura de vata, e é o principal óleo para aliviar os distúrbios de super aquecimento de pitta. Ele cura males da pele como: fissuras, queimaduras, inflamações, eczemas e infecções por fungos; é anti-séptico. Tônico purificador da bexiga, melhora a qualidade do sangue, nutrindo-o contra a anemia. Muito nutritivo, faz aumentar o sêmen. É diurético, auxilia no tratamento das doenças dos rins


A massagem com óleo de coco suaviza o calor no corpo físico, isto inclui todos os sistemas anatômicos e fisiológicos. O óleo de coco quando aplicado no corpo não forma uma película na pele, isso permite que o corpo absorva mais prana da atmosfera, na forma de oxigênio, íons negativos e radiações solares.

Na Índia o coco é uma fruta sagrada e é utilizada em várias cerimônias de oferenda a Vishnu e a Ganesh.   Quando aplicado na cabeça antes de dormir, pode levar a um sono excelente principalmente nos dias muito quentes.

Falando em aplicação na cabeça, o óleo de coco é muito utilizado pelas indianas nos cabelos, por isso que mantém os cabelos bem sedosos e nutridos.

Propriedades do óleo para Ayurveda

Óleo de Coco
Gosto: doce
Atributo: pesado, secante.
Potência: esfria
Em longo prazo: acre
Ação geral: nutre os pulmões e a pele
Ação Especifica:   refrigerante, emoliente, Tonico, reduz as inflamações, bom para psoríase, eczema e queimaduras, é afrodisíaco.
Ação Terapêutica: diminui Pitta e vata, aumenta kapha.

Nota: Bhrajaka Pitta (sub dosha de pita) Está localizado sob a pele; regula a temperatura da superfície do corpo; controla as glândulas sudoríferas e ajuda Vata a lustrar a pele. Quando equilibrado, Bhrajaka Pitta mantém a pele corada, irradiando alegria e vitalidade, por isso que o óleo de coco é excelente para pele.


As propriedades do óleo não só ficou na índia como conquistou todos os continentes. Temos que levar em consideração muitas descobertas que tem acontecido com o óleo de coco assim como os produtos derivados de coco.


É um antioxidante, pois diminui consideravelmente a produção de radicais livres devido a elevada taxa de vitamina principalmente quando o óleo é extra virgem, composta por oito frações desta vitamina; quatro tocotrienóis (alfa, gama, delta e teta) e quatro tocoferóis (alfa, gama, delta e teta). Ao contrário de outras gorduras, principalmente em relação aos óleos poliinsaturados, a gordura de coco diminuiu as necessidades de vitamina E do organismo. 

 Ajuda na redução do mau colesterol (LDL) e na elevação do bom colesterol (HDL), contribuindo na prevenção e atuando no tratamento das doenças cerebrais e cardiovasculares e também para a desobstrução do fígado.

Atua no emagrecimento foi descoberto recentemente a  fácil absorção que ele tem no organismo, a gordura de coco é a melhor fonte de triglicerídeos de cadeia média, não necessita de enzimas para sua digestão e metabolismo.  Como essa ação metabólica é feita pelo fígado, estes triglicerídeos rapidamente se transformam em energia, desta maneira não se depositam no organismo e desta forma é considerada “termogênica” -  capaz de gerar calor e queimar calorias.  Ação junto à tireóide – baseado nas propriedades acima é a gordura de coco tem de estimular a glândula tireóide, aumenta o metabolismo basal e, consequentemente, emagrece.
O Acido láurico  e monolaurico regulam o funcionamento da tireóide e regulam a crise da ansiedade e nervosismo, um dos fatores para aumento de peso. A gordura de coco apresenta a maior concentração de ácido láurico entre todas as gorduras vegetais.

Por falar em tireóide, sua ação nesta glândula ajuda no rejuvenescimento do corpo como um todo ou seja aumentando a ação antienvelhecimento e quando falamos em células rejuvenescidas e sadias, estamos cuidando para que o corpo não tenha doenças como câncer, cardíacas e cardiovasculares, obesidade, peles secas, manchadas, cabelos quebradiços e com quedas, retenção hídrica e muito mais.

Aumento do sistema Imunológico, como vimos anteriormente, o combate dos radicais livres é importante para a saúde das células até do sistema fisiológico e isso faz com que os sistemas funcionem de uma maneira livre de toxinas, outro fator é na prevenção e no combate as bactéria, vermes e fungos, como estes vilãos roubam nutrientes e energia do corpo, se combatidos há uma hora a absorção da cadeia de nutrientes e minerais, aumentando todas as defesas do organismo. 
Em outras palavras, é o mesmo ácido graxo presente no leite materno.

De uma maneira geral podemos dizer que o óleo de coco extra virgem é capaz de ajudar a combater e/ou amenizar uma infinidade de fungos, bactérias, e vírus, tais como sarampo, herpes, estomatite vesicular e Cytomegalovirus (CMV), Epistein Bar vírus, vírus da hepatite C (HCV), aids (HIV), H. pylori, giárdia, cândida, cryptosporidium e muitos outros parasitas.

Como se trata de um óleo, seu uso feito por ingestão, ajuda a nutrir e lubrificar mais o organismo e isso irá ajudar nos problemas intestinais, tanto nos casos de prisão de ventre, flatulências até nas diarreias, sua gordura tem o poder de normalizar as funções intestinais. Ao mesmo tempo o famoso o ácido láurico, através do monolaurin, ajuda a eliminar as bactérias fortalecendo a flora intestinal.


Hoje é muito comum encontrarmos na cosmetodologia (estudo dos cosméticos) o uso das propriedades do óleo de coco e outros óleos vegetais, pois estudos mostraram que os cosméticos anteriormente ao uso de propriedades vegetais, eram feitos com óleo mineral que prejudicava muito a pele pela sua composição de macro moléculas que não deixa a absorção de outros componentes saudáveis ocorrer. Fora outro fator que é a composição a base de água, a água hidrata e não nutre, por isso pode até dar uma sensação de melhora da pele, pois quando entra em contato com as células causa um inchaço momentâneo, mas em poucas horas é absorvida pela corrente sanguínea.
O óleo de coco pode ser aplicado diretamente na pele e nos cabelos. Na Índia é comum usar óleo de coco como um condiconador natural.

Se você deseja usar o óleo como condicionador, não ultrapasse de uma colher de café (para cabelos curtos e médios) e colher de chá para cabelos longos. Esta técnica pode ser usada antes do banho. Depois lavar o cabelo com um xampu sem sal. (técnica indiana) ou você pode usar pouco depois dos cabelos lavados e enxaguar. Separe uma toalha do seu enxoval para fazer isso, pode ocorrer um leve cheiro de óleo.

Há quem possa trocar os óleos de banho industrializados (mineral) por óleo de coco com algumas gotas de lavanda ajuda a nutrir e muito a pele.

Para quem tem picadas de inseto, pode anotar uma receita, macere folhas de coentro com óleo de coco alivia e muito. Pode ser utilizado como cicatrizante junto a cúrcuma, e no alivio de eczemas e dermatites de contato, bem como no tratamento do herpes e candidíase.

Vamos lá caderninho nas mãos

Contra picadas de inseto

Uma colhe de óleo de coco para um punhado de coentro, macere bem e aplique na região afetada ( ótimo para picada de butuca, mosquito ou pernilongos, borrachudos)

Cicatrizante

Uma colher de sopa de óleo de coco e uma colher de café de cúrcuma ou açafrão da índia, misture bem e passe na região afetada ( ajuda no combate de pele acneica ( cuidado que o açafrão mancha roupas e fica com a pele um pouco amarelada) se for o caso aplique nas espinhas a seguinte receita: uma colher de café de óleo de coco, 5 gotas de O.E de tea tree e 5 gotas de lavanda.  

Para nutrição da pele

Três colheres de óleo de coco com 20 gotas de O.E. de lavanda e 5 O.E de gerânio. Passar antes do banho ou após o banho.
O.E = Óleo Essencial

Cabelos, normais secos ou oleosos.

Apenas puro.

Cabelos com Caspa quantidade de 5 colheres de chá de óleo de coco e 20 gotas de O.E de Tea Tree ou óleo de coco com sumo de um quarto de limão. Tem que lavar o cabelo com água abundante e não se expor de maneira nenhuma ao sol.

Muita saúde!!! 

Um comentário: